NUPESC em Luto – SOLIDARIEDADE E INDIGNAÇÃO MORTE DE ESTUDANTE DO IMPA [Edição Especial]

José Leandro Pinheiro, de 21 anos, foi encontrado morto na manhã de quinta-feira (25) no quarto onde morava em uma república estudantil no RJ

O estudante Bruno Eusébio dos Santos, 26 anos, confessou, após 15 horas de depoimento, na noite desta sexta-feira, o assassinato de José Leandro Pinheiro, 21 anos. De acordo com o delegado Rivaldo Barbosa, da Divisão de Homicídios (DH), a confissão foi feita na presença dos pais do acusado, de psicólogos e do advogado. Ele alegou que estava sofrendo bullying. As informações são da Rádio CBN.

O crime evidenciou o contraste entre a vítima e o suspeito, que dividiam o mesmo quarto. Extrovertido e brincalhão, José Leandro era conhecido e admirado pelos colegas. Filho mais velho de um casal de agricultores da pacata Deputado Irapuan Pinheiro, no Ceará, era um dos melhores alunos do Instituto, onde cursava mstrado desde março. O sergipano Bruno não conversava nem com o colega de quarto e era pouco sociável, onde em uma ocasião um estudante da república disse que o encontrou no ônibus e ao vê-lo, Bruno preferiu descer, para evitar contato.

De acordo com o delegado, Bruno já estava se tratando com psiquiatra e tomava antidepressivos. Ele também tinha problemas de insônia. Ainda segundo o delegado, o acusado afirmou que ingeriu remédios e vodka com refrigerante na noite em que cometeu o crime, por isso não lembra de muitos detalhes. Ele, que já tinha prisão em flagrante decretada, deve ser encaminhado ao presídio neste sábado. Bruno e José dividiam o mesmo quarto em uma república no Jardim Botânico. Ambos faziam mestrado em Matemática no Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa).

A polícia espera que ele recobre a consciência no hospital para que esclareça com maiores detalhes a motivação de um crime silencioso. E ainda sem explicação.

CASO – O corpo de Leandro foi encontrado sem vida no quarto da república onde ele morava. A cabeça tinha um ferimento, que a polícia identificou ter sido feito com uma pedra. Leandro também tinha marcas de quatro golpes de facas no peito e na barriga.

O colega de quarto, Bruno, foi encontrado inconsciente na cozinha com marcas de sangue. Ele foi encaminhado para o Hospital Miguel Couto, também na Zona Sul carioca, e por volta de 1h da manhã de sexta-feira (26) levado parta a Divisão de Homicídio.

Nas primeiras horas de investigação a polícia informou que Bruno não esboçava nenhuma emoção e nem falou nada. Assinou todos os documentos que lhe foram apresentados. Os pais de Bruno chegaram ao Rio de Janeiro vindos de Sergipe à tarde. Foi então quando o jovem resolveu dar seu depoimento confessando o crime.

Fontes: Jornal de São Paulo, Jornal Extra e Facebook

Anúncios

One thought on “NUPESC em Luto – SOLIDARIEDADE E INDIGNAÇÃO MORTE DE ESTUDANTE DO IMPA [Edição Especial]

  1. Fato extremamente lamentável não só para a família, colegas, professores e para uma nação que necessita tanto de talentos em matemática, física, química, engenharias, etc.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s