Descoberto planeta habitável a 12 anos-luz com estrela visível a olho nu

Um planeta habitável descoberto recentemente e que orbita um “gêmeo” do Sol está tão próximo que pode ser observado a olho nu da Terra, dizem cientistas.

O planeta pode ter quatro vizinhos que também orbitam a estrela Tau Centi a apenas 12 anos-luz do Sol. Esta, por sua vez, é quase idêntico ao nosso Sol, embora tenha 78% da sua luminosidade e 55% de sua massa.

Astrônomos estimam que os planetas em questão são entre duas e seis vezes maiores que a Terra, e um deles, o HD  10700e, com 5x o nosso tamanho, fica na “zona habitável”, também conhecida como “zona de Goldilocks” – uma área orbital em que as temperaturas são ideais para que exista água líquida e, consequentemente, vida como a conhecemos.

A Tau Ceti fica na constelação Cetus, a baleia. Os detalhes da descoberta devem aparecer na revista Astronomy & Astrophysics. Devido às dificuldades em se detectar outros sistemas solares, a maior parte dos encontrados tinham grandes massas, mas este pode ser o de menor massa já descoberto.

Ela sempre aparece como alvo de programas de busca por vida alienígena como o SETI, devido à sua similaridade com o Sol. Ela pode ser vista a olho nu da Terra como uma estrela de terceira magnitude.

Cientistas da Austrália, Grã-Bretanha, Chile e EUA encontraram os planetas com uma técnica de alta sensibilidade que combinou dados de 6.000 observações de três telescópios diferentes. Eles usaram o método de velocidade radial que detecta oscilações no movimento de estrelas causado pelo empuxo gravitacional dos planetas.

O Dr. James Jenkins, da Universidade do Chile e membro da equipe internacional da Universidade de Hertfordshire, afirmou ao Daily Mail que “Tau Ceti é um dos nossos vizinhos cósmicos mais próximos e é tão luminoso que nós podemos, talvez, conseguir estudar as atmosferas desses planetas em um futuro não muito distante. Sistemas planetários encontrados em estrelas próximas de nosso Sol indicam que esses sistemas são comuns em nossa Via Láctea”.

Mais de 800 planetas orbitando outras estrelas já foram descobertos desde os anos 90, e aqueles próximos a estrelas como o Sol são os mais interessantes astronomicamente falando.

Esta descoberta dialoga com a nossa visão emergente de que praticamente qualquer estrela tem planetas, e que a galáxia deve ter esses planetas habitáveis do tamanho da Terra. Nós agora estamos começando a entender que a natureza parece preferir imensamente sistemas que têm vários planetas com órbitas de menos que cem dias. Isso é bem diferente do nosso Sistema Solar onde não há nada em uma órbita dentro da de Mercúrio. Então nosso Sistema Solar é, de certa forma, um pouco estranho e não o mais típico tipo que a natureza faz”, diz em um comunicado à imprensa Steve Vogt, um veterano caçador de exoplanetas.
Há um dado, contudo, que pode ameaçar a possibilidade de vida no planeta: A Tau Ceti tem quase dez vezes mais detritos espaciais em sua órbita do que nosso Sol, o que significa que os planetas podem ser constantemente atingidos por objetos cósmicos.O Professor Chris Tinney, membro da Universidade de Nova Gales do Sul, afirmou que “quando nós olhamos para o céu noturno, vale contemplar que pode haver mais planetas lá fora do que estrelas, uma fração dos quais pode ser habitável”.

Fonte: DailyMail

Anúncios

2 thoughts on “Descoberto planeta habitável a 12 anos-luz com estrela visível a olho nu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s