Asteroide Apophis poderá destruir satélites em 2029

Com informações da BBC e ESA – 10/01/2013

Asteroide Apophis poderá destruir satélites em 2029

Imagem do Apophis feita pelo telescópio espacial Herschel.[Imagem: ESA/PACS]

Deus da destruição

Astrônomos estão acompanhando a trajetória de um asteroide que poderia colidir com a Terra em 2036 – embora o risco de que isso ocorra seja mínimo.

O asteroide, chamado Apophis – em homenagem ao demônio egípcio da destruição e da escuridão -, tem 325 metros de largura e, se colidisse com a Terra, o impacto teria a força equivalente a 520 megatons.

Ele atualmente está passando a uma distância de 14 milhões de quilômetros da Terra – a essa distância ele não é visível a olho nu.

O Apophis foi observado pela primeira vez em 2004, causando algum alarde quando os cientistas calcularam que era grande a chance de um choque com a Terra, em um retorno futuro.

Mais tarde, esse risco foi minimizado, e os novos cálculos indicam que, em 13 de abril de 2029, o pedregulho espacial deverá passar a uma distância de cerca de 30.000 quilômetros da Terra.

Ocorre que 30.000 quilômetros é menos do que a distância dos satélites geoestacionários, que ficam ao redor de 36.000 km de altitude.

Ou seja, se tudo se mantiver segundo os cálculos atuais, há uma chance concreta de que o Apophis possa destruir satélites em órbita durante sua passagem em 2029.

Destruição de satélites

Os últimos dados indicam que o risco de uma colisão com a Terra em 2036 é de uma em 250 mil.

Mas todas as atenções estarão voltadas para o Apophis em 2029 mesmo, devido à possibilidade da alteração de sua órbita, o que pode tanto aumentar o risco de colisão com a Terra como levá-lo para bem longe.

“A maior parte das novas órbitas potenciais nos deixaria seguros pelos próximos 100 anos, mas há uma pequena região do espaço na qual haveria o risco do asteroide nos atingir em 13 de abril de 2036,” explicou o professor Alan Fitzsimmons, astrônomo da Universidade Queens, no Reino Unido.

Os astrônomos estão aproveitando a recente passagem do Apophis pela Terra para estudá-lo, em uma tentativa de melhorar as previsões sobre sua rota.

Já foram identificados 9 mil asteroides próximos a Terra, e uma média de 800 novas rochas espaciais são observadas todos os anos.

Um dos mais preocupantes é o 2011 AG5, que poderia atingir a Terra em 2040, embora seja bem menor do que o Apophis, com apenas 140 metros de diâmetro.

Fonte: Inovação Cientifica

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s