Desmentida descoberta de ondas gravitacionais e inflação cósmica

Descoberta cancelada

A alegada detecção das ondas gravitacionais, que serviriam como prova da inflação cósmica pós-Big Bang, foi retratada pelos cientistas.

A equipe do experimento BICEP2 voltou atrás em suas alegações depois de refazer a interpretação dos dados juntamente com a equipe do telescópio espacial Planck, cujos resultados deveriam ter servido de parâmetro para a interpretação das medições feitas.

A conclusão é que os sinais medidos pela equipe do BICEP2 devem-se à poeira disseminada pela Via Láctea.

“Este trabalho conjunto mostrou que [as alegações anteriores] não são robustas quando a emissão da poeira galáctica é removida. Assim, infelizmente, nós não fomos capazes de confirmar que o sinal seja uma marca da inflação cósmica,” disse Jean-Loup Puget, membro da equipe do Planck.

Inflação cósmica

A teoria da inflação cósmica, elaborada há cerca de 30 anos por Alan Guth e Andrei Linde, propõe que essa fase de crescimento exponencial do Universo nas frações de segundo após o Big Bang deixaria marcas na radiação cósmica de fundo, uma radiação de micro-ondas presente em todo o céu e que os cientistas acreditam ser um resquício do Big Bang.

O experimento BICEP2 (Background Imaging of Cosmic Extragalactic Polarisation), instalado no Pólo Sul, foi projetado para detectar essas marcas na radiação cósmica de fundo, que seriam essencialmente ondas gravitacionais.

Desmentida descoberta de ondas gravitacionais e inflação cósmicaO anúncio da “descoberta”, feito em Março do ano passado, foi saudada por algumas revistas como a “descoberta do século”, mas imediatamente suscitou questionamentos de vários cientistas, que constataram os dados do BICP2alegando justamente que a polarização detectada poderia ser devida à poeira presente na galáxia.

E o “mico” parece ter sido pago por uma prática pouco condizente com o rigor científico: em sua medição, os cientistas usaram um mapa da radiação cósmica de fundo sem nenhum detalhamento, retirado de uma apresentação feita em um congresso.

Quando a equipe do Planck publicou um mapa com o detalhamento adequado, a “descoberta” virou poeira galáctica.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s