Temos que trabalhar juntos para a Astrobiologia crescer

707154main_Astrobiology-e1386173003616

YARA LAIZ SOUZA – Quem trabalha com investigação no campo da origem da vida, sempre esbarra em duas situações: existem aqueles de estudam sobre a vida artificial (ou vida extraterrestre) e aqueles que estudam as origens da vida na Terra quatro bilhões de anos atrás. Isso atrapalha muito o progresso da Astrobiologia e é um embate que precisa chegar a uma situação final.

Os que estudam a vida artificial estão menos preocupados sobre como a vida se originou na Terra do que com a ideia da vida como fenômeno universal, incluindo fatores como emergência e auto-organização. Os que pesquisam a verificação de experimentação de mecanismos de origem terrestre raramente são atraídos para as ideias teóricas gerais de vida artificial.

O Instituto Earth-Life Science Origins, trabalhando com membros da comunidade de pesquisa, emitiu um comunicado na esperança de incentivar uma visão nova para o tema. Eles sugerem que as investigações de origens da vida exigem inovação inspirada, colaboração interdisciplinar e confiança das instituições que estão apoiando as pesquisas. Ou seja: engulam o ego e comecem a trabalhar juntos se quiserem mesmo que a astrobiologia chegue a algum lugar.

O documento completo você acessa clicando aqui.

Via Astrobiology Nasa

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s