Ondas gravitacionais são detectadas

ns_gw_art

YARA LAIZ SOUZA – Demorou – e demorou tanto tempo que, infelizmente, a pessoa que previu não está por aqui para comemorar. A detecção das ondas gravitacionais, previstas há 100 anos por Albert Einstein, foi confirmada pelo LIGO (observatório especial feito para a observação das ondas gravitacionais). O anúncio foi feito hoje durante uma conferência e deixou o mundo da ciência em êxtase.

Explicando melhor, imagine um lago (lagoa, poça de água, enfim). Em seguida, imagine o que aconteceria ao atirar uma pedra: iria acontecer a formação de ondas ou ondulações circulares que iriram se perder conforme se afastassem do local em que a pedra caiu. As gravitacionais ocorrem quando há algum evento cataclísmico no tecido do espaço-tempo do universo. Elas carregam as informações sobre suas origens e sobre a natureza de sua gravidade. As ondas observadas pelos pesquisadores nasceram de um choque violento entre dois buracos negros.

Os pesquisadores fizeram a primeira detecção em 14 de setembro de 2015 com a ajuda dos detectores do LIGO.

Os dados mostram que os buracos negros tinham entre 29 a 36 vezes a massa do Sol e o choque aconteceu a 1,3 bilhões de anos atrás. Uma massa 3 vezes maior que o Sol se tranformou em ondas gravitacionais em uma fração de segundos, com um pico de potência 50 vezes maior do que todo o universo visível.

A relatividade geral de Einstein diz que um par de buracos negros que orbitam em torno de si perdem energia através da emissão de ondas gravitacionais, levando-os a se aproximarem progressivamente e muito rapidamente durante os minutos finais. Durante uma fração final de segundos, os dois buracos negros colidem com cerca de metade da velocidade da luz em um único buraco negro super maciço, de acordo com a fórmula E=MC2.

Via: site oficial do LIGO

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s